segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Sonora, qual a sua trilha?

Faço jus a comunidade do orkut que diz que toda vida tem sua trilha sonora.

Vou além, toda vida tem suas trilhas sonoras.

Hoje acordei cedo e fui estudar, estava no computador lendo sobre topografia e desenhando uma trabalho pra faculdade, obviamente não estava silencio, peguei um CD que já estava esquecido no meu armário, um presente da ex namorada, coloquei na "vitrola" e me deliciei redescobrindo Legião Urbana.

Quando começou a tocar pela segunda vez as letras já haviam voltado a minha lembrança e eu cantava junto, com isso fui prestando atenção nelas e não encontro palavras que definam o quão compatível algumas são com minha atual condição de vida...


O pior é quando elas seguem justamente a sequência conflituosa que domina minha cabeça.

Atualmente transito por duas condições distintas e me surpreendeu ouvir em sequência duas musicas que definem precisamente tais condições. Fiquei feliz.

Viva Renato Russo!

Urbana Legio Omnia Vincit!

O CD em questão é o DOIS, fica a dica para aqueles que gostam dessa banda... E para aqueles que simplesmente não a odeiam.


"Tenho andado distraído
Impaciente e indeciso
E ainda estou confuso
Só que agora é diferente
Estou tão tranqüilo
E tão contente...

Quantas chances desperdicei
Quando o que eu mais queria
Era provar pra todo o mundo
Que eu não precisava
Provar nada pra ninguém

Me fiz em mil pedaços
Pra você juntar
E queria sempre achar
Explicação pro que eu sentia
Como um anjo caído
Fiz questão de esquecer
Que mentir pra si mesmo
É sempre a pior mentira

Mas não sou mais
Tão criança, oh! oh!
A ponto de saber tudo...

Já não me preocupo
Se eu não sei por que
Às vezes o que eu vejo
Quase ninguém vê

E eu sei que você sabe
Quase sem querer
Que eu vejo
O mesmo que você...


Tão correto e tão bonito
O infinito é realmente
Um dos deuses mais lindos
Sei que às vezes uso
Palavras repetidas
Mas quais são as palavras
Que nunca são ditas?

Me disseram que você
Estava chorando
E foi então que eu percebi
Como lhe quero tanto...

Já não me preocupo
Se eu não sei por que
Às vezes o que eu vejo
Quase ninguém vê

E eu sei que você sabe
Quase sem querer
Que eu quero
O mesmo que você..."

2 comentários:

Pedro disse...

ah! mas que bixona!

sua cabeça ta acompanhando a mente gay do renato russo huahauahuahuaha

Beatrix Kiddo! disse...

Olha, eu estava lendo o post ao som de "Quase Sem querer". E ó, nikki que botou no meu mix, ouvi totalmente aleatório.
Amo mto o Dois.