domingo, 22 de agosto de 2010

É melhor andar a pé...

Quando dizem que andar de ônibus é mais perigoso que andar de avião eu concordo plenamente.

Vou separar três acontecimentos reais na minha vida no transporte publico.


1 – O meu ônibus leva uma fechada de outro ônibus. Meu motorista fica irritado e usa o freio de mão para sinalizar a irritação (Odeio quando os motoristas usam o freio de mão como buzina). Não satisfeito em "buzinar" o motorista tenta emparelhar os ônibus pra xingar o colega. Não consegue.

Já revoltado meu motorista simplesmente joga o ônibus na frente do outro de uma forma brusca e precipitada. Todos se assustam. As pessoas que caíram no chão levantam. Meu motorista abre a porta, o outro motorista também abre a sua. Meu motorista desce do ônibus e sobe no outro e...

...sem aviso prévio ou sinalização ele simplesmente começa a socar a cara do outro motorista. Todos que presenciam a cena ficam chocados. O motorista senta ao volante e segue viagem. Ninguém dá um pio se quer no ônibus.


2 – Meu ônibus encosta no recuo em um ponto de ônibus de um shopping bem popular do RJ. Outro ônibus sem espaço para entrar no recuo e sem paciência de esperar sua vez pára ao lado do ônibus em que eu estava de modo que bloqueia a saída do meu ônibus.

Meu motorista faz a buzininha de freio mais uma vez.

O outro ignora.

Meu motorista o xinga.

O outro coloca a mão atrás da cabeça, em um gesto de quem ta sem pressa pra provocar meu motorista. Consegue.

Finalmente ele ia sair, mas enrola para fazê-lo. Diante disso meu motorista simplesmente acelera o ônibus e bate na lateral do outro ônibus. Alguns vidros quebram, ninguém entende nada. Meu motorista continua acelerando e dando a mínima pros vidros e arranhões. Acelera e vai embora.

Até aí tudo bem. Pior foi que o outro motorista não curtiu muito isso e resolveu perseguir meu ônibus. E o fez.

Meu coração ia à boca. Os dois corriam muito. No fim o outro cara fechou meu motorista, abriu a porta e proferiu palavras cujo significado até hoje não entendo, mas sei que não seria bonito repetir nem em um jantar com o diabo.

3 – Peguei o ônibus tarde da noite. Resolvi ler... Em certo momento o ônibus começou a andar mais devagar... Nem liguei. Me foquei no livro.

De repente eu estava batendo com a boca na cadeira da frente.

O que aconteceu?

Meu motorista dormiu e bateu com o ônibus em um poste.



Dica: Não ande de ônibus.

4 comentários:

AyméeLucaSs disse...

Nossa que horror! Aqui os motoristas sao mais calminhos, rsrsrs

Ta vendo! Se voce estivesse quieto em casa lendo o meu livro de bolso online em vez de ler em onibus nada disso tinha acontecido. Ou ande a pé ou fica em casa e le meu livro de bolso que tudo se normaliza, kkkk

To de brincadeira so pra fazer publicidade, kkkk Meu livro de bolso ficou 10!! hehehe

Pedro Porra disse...

as coisas legais só acontecem ccom você =(

Arc Tecnologia1 disse...

Rapaz,
È quase inacreditável esta situação.
Onde é este lugar?

Léo disse...

Este lugar, meu caro, é o Rio de Janeiro. Barra da Tijuca pra ser mais preciso.