quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Eu vou de bicicleta. E você?



Eu trocaria facilmente um punhado de políticos por uma ciclovia.

Eu acordo bem cedo aos sabados para andar de bicicleta, meu único objetivo é passar um tempo me exercitando, ouvindo boa musica e apreciando a paisagem. Porém, sempre ganho um bônus.

No ultimo sabado por exemplo pude experimentar livremente todos os caminhos que desejava. Não encontrei nada de bom e resolvi inventar. Vejam, senhores, que sou uma pessoa que sofre, vez ou outra, com um mal chamado labirintite. Viram isso? Então imaginem, o que um cara com labirintite tem que ter ao andar de bicicleta?!

Rodinhas.

Mais o que?!

Cuidado.

Isso!

Agora eu te pergunto o que eu tenho.

O que eu tenho: rodinhas, cuidado ou os dois?

Reposta: Nenhuma das três opções.

Ta, grandes coisas, é so um passeio de bicicleta. O que eu poderia inventar... Andar sem as mãos?!

Exato!

Bati meu novo recorde! Alias, eu nem tinha um recorde pra bater, mas criei uma meta: Andar um Km sem as mãos.

So que dessa vez não vale cair em cima das moças que ficam segurando placas de político.


Nem vomitar.





P.S.: Lembrar de pagar a agua de coco que fiquei devendo no quiosque. Ou então nunca mais voltar naquele quiosque.

2 comentários:

Pedro Porra disse...

vc só me traz vergonhas.

Rodrigo disse...

Volte no quiosque cara!
O vendedor vive disso, coitado kkkk.
um km sem as mãos? Meus parabéns!
Meu sonho é ter uma ciclovia só pra mim. Por aqui não tem =/