domingo, 8 de março de 2009

Beleza...delicadeza...força...

"Se te comparo a um dia de verão

És por certo mais belo e mais ameno

O vento espalha as folhas pelo chão

E o tempo do verão é bem pequeno.
Ás vezes brilha o Sol em demasia


Outras vezes desmaia com frieza;

O que é belo declina num só dia,

Na terna mutação da natureza.
Mas em ti o verão será eterno,


E a beleza que tens não perderás;

Nem chegarás da morte ao triste inverno:
Nestas linhas com o tempo crescerás.


E enquanto nesta terra houver um ser,

Meus versos vivos te farão viver."

3 comentários:

Pedro Porra disse...

Noos amigo léo viu um poetero de primera linha =D


o rapaz nao pode ir a um casamento que já começa a versar

mais um pouco, ele vira emo

Arth disse...

Realmente daqui a pouco entra pra ABL...

Léo disse...

"William Shakespeare"

e não foi casamento...

era aniversario de casamento...

e eu estava em casa, meus poemas não são publicados