terça-feira, 16 de novembro de 2010

Tô pensando em reativar meu blog.



Quero um espaço pra falar sobre meu cotidiano, um espaço maior do que os 140 caracteres do twitter.

Ai você me pergunta:

Nossa, Leo, teu cotidiano é tão interessante assim a ponto de você precisar de mais espaço?

E ai, se você perguntasse realmente isso, eu responderia:

Não.

Objetivamente falando, minha vida e meu cotidiano não são muito interessantes. Quer dizer, não tão interessantes quanto a de uma estrela Pop, por exemplo, mas ele tem la suas peculiaridades.

Sem contar que eu gosto de dividir experiências . Inclusive, talvez até principalmente, as inúteis.

Por exemplo, hoje mesmo estava eu trafegando por via muito movimentada do Rio de Janeiro quando um pequeno acidente ocorreu.

Eu estava em um ônibus e estava em pé de frente pra uma janela, o que me daria uma visão muito boa do acidente, não fosse o detalhe de o acidente acontecer com um outro ônibus.

Os ônibus são altos e o carro bateu na lateral do ônibus. Na lateral oposta a que eu tinha visão.

Quer dizer, eu podia ver nitidamente todo o lado direito do ônibus que se envolveu no acidente, mas o carro resolveu bater no lado esquerdo, lado esse que eu não conseguia ver.

Conclusão, eu ouvi o barulho, mas não vi nada.

O que tem de interessante nisso?

Nada.

Mas acho curioso o fato de ser tão curioso.

Eu explico.

O fato de não ter conseguido ver o acidente me deixou extremamente inquieto.

Você deve me achar um tremendo fofoqueiro agora. Talvez eu até seja mesmo. Mas a questão, pra mim, não era comentar. Se eu tivesse realmente visto o acidente eu não ligaria a mínima pra ele. Mas so por eu não ter visto, eu fiquei com vontade de ver.


Isso é normal?


Resposta provável:

Não.

3 comentários:

AyméeLucaSs disse...

E' normal sim!! Pelo ao menos eu sou assim também e se nao é normal voce encontrou outro anormal, kkkkkkk

Aqui na minha vizinhança entre os vzinhos tem utito arabe, e quando chega a noite, muitas vezes ele começam a conversar(parece que estao brigando), e eu tento olhar na janela e nao consigo ver onde eles estao, e isto me deixa puta porque eu sei que eles estao ali em baixo(eu moro no 2°andar) mas a minha janela nao tem acesso ao lugar,fora que eles estao falando arabe e ai que eu fico mais curiosa ainda, por nao entender nadinha do que falam, kkkkk

Reativar seu blog, é a coisa justa, pois tem muita gente querendo ver esse seu lado escondido e a gente fica puta de nao poder ter tanto acesso ao seu blog.
Lembra quando te conheci o que disse logo, logo, quando te conheci?
Eu perguntei: Leo porque eu nao consigo te seguir?
E dias depois eu estava ali, e pra mim te juro foi um presentaço, pois quando voce escreve eu corro pra ler, porque eu gosto muito de rir, gargalhar e voce consegue tirar risadas de mim!
Grazie!
Leo... voce alem de ser criativo e ironico conseguiria criar rimas?
Sabe Leo eu tenho um texto inacabado e seria muito legal se conseguisse acabar, mas nao consigo... E voce seria a pessoa certa pra fazer este texto ter fim. So que é todo rimado.

E' um conto de uma jovem que desde pequena vive em uma ilha onde nao tem nada que nao seja a natureza, as praias, os pescadores... enfim um lugarejo e ela sonha de sair dali mas seus pais morreriam ali mas mudar jamais!
E ela com suas paranoias fica desejando e falanado sozinha as coisas que deseja, pelas praias. Havia uma praia proibida, sua mae nao deixava ela ir, mas de tanto insistir ela consente e indo ela ve que nao tinha nada de tao misterioso, até o momento que ela chuta uma garrafa e a garrafa fala... E' um genio todo atrapalhado, paranoico, sistematico, engraçado... Entao eu queria que voce fosse o genio... Eu queria que voce fosse o genio e a partir de onde eu parei seria voce a terminar o texto... Voce teria de imaginar também a garota falando pro texto ser todo criado por voce...
Eu tive ideias mas nao consigo fazer o genio... Dai abandonei o texto!
Se a gente fizesse o texto juntos eu iria pedir a um amigo para ilustrar toda a estoria como um gibi e a gente publicaria em cada blog, seria total publicidade, pois ele tem mais de 200 seguidores, hehehe

Léo disse...

Opa!
Faz bem pro meu ego alguém querer minha ajuda pra concluir um texto!
HAHAHA!

Não sei se vou poder ajudar, mas vou tentar, espero que consiga e não te decepcione!

Me manda o texto por e-mail?

P.S.: Eu moro no primeiro andar e quando meus vizinhos de cima discutem eu ficam rindo eu tbm morro de curiosidade pra saber o que é! Eles são muito escadalosos, mas ou a conversa (gritaria) não faz sentido, ou eles simplesmente começam a gargalhar e dizer coisas como: Olha isso! Olha o que eu fiz!

E fico doido pra gritar: AAAH DAQUI NÃO DA PRA VER, DEIXA EU IR AI!!!!

HAUHUAUA!

AyméeLucaSs disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Ta vendo porque eu gosto de voce?
Eu morro de rir aqui com seus pensamentos...
Essa de querer gritar para eles e dizer que quer ir até la para ver foi demais!kkkkkkkkkkkkkk
Nossa valeu de voce querer ver o texto...
Hoje quando cheguei do trabalho eu vi um texto novo seu antes de ver este seu recadode resposta para mim e lendo eu pensei que voce estava querendo mudar de assunto pra mim, kkkkkkkk
Eu sou tao paranoica que ja estava daqui roendo as unhas e antes do texto acabar eu coloquei o final por minha conta hehehehe e dizia: Aymée mudando de assunto voce viu o novo filme de Robert de Niro... (Que na verdade era uma historia bem diferente desta do Genio, kkkkkkkkkkkk) Roendo as unhas, kkkkkkkkkkkkk
Eu ja havia falado deste conto a Veloso,(meu amigo desenhista de tirinhas) e ele me pediu terminasse e fizesse o final pra ele desenhar...
Vai ser super legal, e olha eu sei que voce seria capaz e caso nao consiga introduzir tantas rimas, eu lendo o que voce escreveu consigo colocar rimas, tranquilo!

Lembre-se que ela é jovem e tem um mundo pela frente... Se precisar de alguma ideia eu tenho, mas nao quero bagunçar a sua imaginaçao...
Nossa eu vou adorar isto!
Vou enviar o texto! bjus