terça-feira, 20 de maio de 2008

Esportes na roça!


Ontem foi um dia cheio de competições.
Teve arremesso de gato pelo rabo. (os gatos são, na verdade, bonecos que se assemelham aos bichanos de mesmo nome).
Teve corrida de velocípede.
Futebol para saci e pra completar o dia corrida de bicicleta!

E é sobre corridas de bicicleta que vou falar. O dia foi especial para esse esporte, 3 recordes mundiais na categoria vou e volto foram quebrados.

Primeiro Bil da Silva, que atua na construção civil e tem a bicicleta como hobby. Bil começou usando a bicicleta como o transporte individual de casa ao trabalho, depois começou a transportar os filhos para escola e foi evoluindo até finalmente engessar em competições no próprio ambiente de trabalho. Finalmente ontem Bil chegou ao patamar mais alto do esporte, a quebra do recorde mundial.

Bil completou o circuito médio em 56 seg. e o antigo recorde era de... bem... a categoria vou e volto é nova e por esse motivo não tinha recordes anteriores, mas isso não diminui a gloria de Bil que ganhou como premio pelo feito 2 galinhas e um queijo minas!


Depois, e não menos especial por isso, Antonio Tonho. Tonho quebrou dois recordes da categoria, nos percursos longo e curto. Tonho mesmo já tendo conhecida fama por ocupar inúmeras vezes a primeira pagina dos jornais locais (2 vezes por roubar galinhas, 1 por matar o Boi símbolo da cidade e 2 vezes procurado pelo prefeito Cornelho, que o acusou de ter assediado 1º sua esposa e depois sua filha) foi super humilde ao dedicar suas vitórias a Bob. Tonho começou nessa carreira ao fugir da policia e logo foi ganhando fama até que finalmente neste dia iluminado atingiu o ápice da carreira conquistando esses dois recordes tão importantes. Seus prêmios acumulados chegaram a 6 galinhas e dois potes de rapadura.



Se você é observador, ou no mínimo não é débil mental, deve estar se perguntando: por que Tonho dedicou suas vitórias a Bob?!?

Resposta: Bob seria o campeão do percurso longo, porem esqueceu de aparafusar a roda dianteira de sua bicicleta sofreu esse pequeno acidente da foto...

Essa choque contra o pneu da bicicleta quebrou-lhe todos os dentes e afundou seu crânio de tal forma que o cérebro de Bob foi comprimido dentro das paredes cranianas. Até aí tudo bem, merda é que depois disso saiu muito sangue e quando Bob foi pegar as galinhas e a rapadura que gentilmente lhe foi oferecida por Tonho, tropeçou em uma pedra (o sangue estava tapando sua visão) e caiu as pessoas ia socorrê-lo mas nesse momento o novo boi símbolo da cidade fugiu e as atenções se voltaram para ele de forma que ali, no chão, sem poder se mexer pois o seu cérebro estava falhando, Bob se engasgou com o próprio sangue que saia de sua boca. Sua morte não foi esquecida, o novo boi símbolo logo que foi recapturado recebeu o nome de Bob.



O mesmo boi que recebeu o nome de Bob, morreu 3 dias após o batizado por haver ingerido borrachas de pneu de bicicleta.

4 comentários:

Pedro Porra disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk³³³³

Cara as historias do Bob sao fodas!!

Arth disse...

hauhauahauaua
Bob é o cara...

Marazzo disse...

cara..tu não está puro não hein .

Eh verdade as historias do Bob são sempre muito boas.
Só devo discordar da insistente crueldade com os animais que o blog apresenta em suas reportagens.

Vanessa disse...

cara.. já superei o estágio de sentir pena do Bob!
ele agora é só alguém que nasce.. pra morrer!
huahau e nos fazer rir com suas mortes esdrúxulas!
hauahua