domingo, 6 de julho de 2008

Opa!

Existem palavras que dizem tudo mesmo não dizendo nada.
O Opa! É uma delas, esta expressão é a presente nos melhores e piores momentos da vida de um ser humano falante.
Presente no susto, no medo, na alegria e até mesmo presente na falta de sensação, o Opa! É talvez uma das fortes concorrentes da palavra COISA, que é verbo, adjetivo, palavrão e etc.

Exemplos:

Bob feliz da vida com seu bilhete de loteria premiado vai atravessar uma avenida, afinal ele tem de trocar o premio na loteria do outro lado. Como que pra conferir que os números não iam fugir do bilhete ele a todo instante olhava com uma sorriso nos lábios para o papel, com isso não deu a devida atenção aos carros na rua e quando deu por si esta no meio da avenida e um enorme automóvel vinha a toda velocidade em sua direção sem conseguir frear. O que Bob exclamaria?!

- Estou lascado?!

- Espera eu sair da frente lindo caminhão, pois assim posso me machucar?!

Não! Pois em casos como esse não há nem como rezar um Pai nosso, o que resta?! Simples:

- Opa!

E se ele esta em um bar e vem aquela loura magnífica e da mole para nosso amigo?

-Opaaaa!

Todo feliz meia hora depois estão em um carro dando vazão aos instintos do homem. Mão aqui, mão ali até que...

- Opa!

Enfim, o Opa! É daqueles “sugeitinhos” que servem pra quase tudo, multifuncional.


...

Sujeitinhos com ‘g’ ??!

- Opa!



Importante 1: o sujeitinho acima foi escrito com “g” propositalmente, com o objetivo de transformá-lo nesta piada (péssima por sinal, mas que não deu pra evitar). Ok Gê?!

Importante 2: parte dos créditos desta tosca postagem é do Arth, que deu a idéia.

3 comentários:

Arth disse...

Mt tempo sem ver as estorias do Bob..
achei q ele estivesse morto...
ainda bem q n...
Sobre
o importante 1: Realmente fez mt bem em deixar explicado o pq do erro intencional, sabendo como é a Gê nem isso impediria ela... =D
O Importante 2: Opa!

Vanessa disse...

Opa!
POstagem nova!
hauhuahua
Opa! vou deixar um comentário!
legal!
fui..

obs: Opa!
verificação de palavras!
droga!

Pedro disse...

Opa!
que falta de criatividade!