quinta-feira, 10 de julho de 2008

Orifício retrofuricular.

Atualmente tenho reparado em como esta pequena palavra é constante no nosso vocabulário. O cu, aquele famoso orifício corrugado ou rosca muscular e que é mais conhecido como o lugar em que você vive tomando é cada vez mais comum em nossas frases.

Hoje eu estava observando um dialogo entre amigos e pude reparar que esta monossílaba (que por ser terminada em U não teve ser acentuada) entra não só quando queremos ofender mas também quando não sabemos a palavra certa. Um exemplo:

- Vamos no ônibus que faz tal caminho?!
- Não! Esta louca?! Este ônibus anda cheio que nem cu!

Pensei: cheio que nem cu?!?
Como assim? É normal os orifícios corrugados estarem cheios?
E se isso normal viveriam cheios de que?!

E vai me dizer que você nunca tomou no cu?!
Calma! Não estou duvidando da sua masculinidade nem insinuando que es piranha ou algo parecido. É que toda vez que sofremos algo chato, ou levamos uma culpa que não é nossa é comum dizermos que estamos tomando no cu, isso porque seria uma analogia ao desconforto que tomar no cu deve causar.
Nunca?!
Ta bom, mas há te mandaram tomar?! Num é?
Sempre há aquele que te manda e também. Mas e você? Com certeza também já mandou alguém tomar.

Enfim, não só a palavra como o cu em si é de grande importância anatômica e há quem afirme ser econômica também. Por estar na ponta do intestino nem preciso explicar pra que ele serve, agora economicamente seria porque há relatos de ele ser utilizado para “vender” prazer. Profissionais do sexo por exemplo podem aumentar um programa se o tal orifício entra em ação (ou vice versa :P).

Ok, há também aqueles que o usam pra diversão. Mas essa historia é um tanto delicada.

Pesquisando sobre o tal vi o quão estudado e pensado ele já foi. Muitas questões sobre o cu ainda pairam no ar, porem muito já foi dito:


“Quem tem CU tem medo”
Ditado popular sobre Cu

“Orifício circular corrugado, localizado na região inferior lombar de um cidadão em alto estado etílico, deixa de estar em consonância conforme os ditames vigentes na sociedade e conforme as leis de propriedade vigente. Ou melhor dizendo: Cu de bêbado não tem dono!”
Rui Barbosa sobre Cu

“E não protejo general de dez estrelas que fica atrás da mesa com o cu na mão”
João de Santo Cristo sobre cu

“Em terra de cego quem tem olho é cu.”
Jatoba sobre Cu

E você?
O que pensa ?
que este post é escroto??!
aé?!

vai tomar no cu então!
;P

3 comentários:

Arth disse...

hauahuahauhauahauahauhauahauauauau
me amarro nessas suas pesquisas...
são fodas... =D
Rui Barbosa falando ...
hauhauahauhauahauhau

outro dia eu comento algo decente...
agora to rindo mt...
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Pedro Porra disse...

cara eu vi tantas vezes a palavra cu escrita q tah ecoando na minha kbça ate agora....


cu....c u....CU!


AHhauAHAUhaua


E ISSO NAO PODERIA FALTAR:

Pedro! diz: qq o cuh tem a ver com o blog?

Geraldito diz: cu de blog é post rapá!





sensaciona! sensacional!

Vanessa disse...

hauhuaa!
bem nojento ..
mas o cu tá na boca do povo!!!
é uma espécie de vírgula..
uma necessidade..
aff
ahuau