sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Desabafo...

O arquiteto é visto como aquele que projeta e entrega desenhos nas mãos dos engenheiros, mestres de obras e etc.
Poucos são os arquitetos que acompanham a realização de seu projeto e no fim das contas, o que vemos é o improviso. Nós arquitetos(ou futuros) somos uma espécie de alienados que ficam debruçados sobre pranchetas dia e noite sem saber como é o campo de guerra, ops, quero dizer, canteiro de obras. Enquanto os ingênuos arquitetos estão em casa sonhando em como o seu projeto e suas idéias foram ótimas, ele está sendo xingado até a sua última geração pelos pedreiros e mestres de obra e caçoado pelos engenheiros.
Afinal, qual é o papel do arquiteto?
Uma profissão que tenha uma comunidade no Orkut chamada “Arquiteto-mendigo” não pode estar bem, pode?
O que eu tenho percebido entre os estudantes de arquitetura é o seguinte: (lembrando que estudo numa faculdade particular, situada no reduto dos novos ricos)
A grande maioria entra na faculdade querendo ser um decorador, só que mais chique, mais culto, já que a faculdade de arquitetura dura 5 anos(gastar mais o rico dinheirinho do papai) enquanto design de interiores dura só 2 anos e meio. Os freqüentes discursos:
- Eu faço arquitetura porque eu gosto de desenhar, desde pequeno eu leio revistas de construção e decoração... etc
No começo da faculdade, ouvindo esses relatos emocionantes de “talento nato” pra arquiteto, eu me perguntei todos os dias se eu estava no curso certo. Afinal, desenhar não é lá a minha grande paixão, decorar ambientes então... nem se fala.
Eu gosto de concreto, madeira, tubos, conexões, aquele pandemônio fascinante que é uma obra...
Decepcionei-me quando entrei na faculdade e só me mandavam desenhar, desenhar, desenhar...
Foi aí que surgiu a luz! A definição de arquiteto:
Latim: Architectari
Grego: Arkhitékton = Arkhein(comandar, chefiar) + Tékton (carpinteiro, operário/obra)
Arquiteto= O artista que comanda a obra.
Bom, depois disso, eu pude me conformar com o desenho e até apreciá-lo... já que pra se construir precisa-se primeiro idealizar e pra transformar uma idéia em algo sólido é preciso representá-la graficamente. Ou seja, o desenho não é o trabalho do arquiteto, o desenho é uma ferramenta do trabalho do arquiteto que envolve uma infinidade de aspectos que são menosprezados pela maioria das pessoas. Ufa!
To be continued...

4 comentários:

Suellen... disse...

Olá! Tb estudo arquitetura e vejo o mesmo problema. A única prática que temos na(durante) a faculdade é a dos escrotórios, como cadistas, fznd maquete virtual, ou pesquisas...

Pedro disse...

Arquitetura é coisa de bicha


E esse conceito de arquiteto manda na obra é kaô.


Fuck Niemayer ( ou sei la como se escreve o nome desse velho)

Calculista do Niemayer q eh foda!

Nessa disse...

é exatamente desse tipo de preconceito que os engenheiros (ou aspirantes a engenheiros) têm contra os arquitetos que falo..
Na cabeça da grande maioria das pessoas o arquiteto é inútil... e só serve pra inventar curvas mirabolantes feito as do Niemeyer...

Talvez a culpa disso seja dos próprios arquitetos..

Mas eu quero ser uma arquiteta que manda na obra sim! Feito os primeiros arquitetos da história.. quando os fodões dos engenheiros ainda nem existiam...

Léo disse...

Crianças não briguem!

Sou um “aspirante a engenheiro” com sangue de arquiteto correndo nas veias e por isso sou um pouco alheio a este conflito. Mas acho sinceramente que ele tem uma coisa errada, o inicio!

Acho muito errada essa discussão, acho que ela é bem idiota na verdade. Não me levem a mal, afinal eu admiro muito a Nessa e geralmente apoio o Pedro, porém acho que dessa vez ambos erram...

Engenheiros são fodões SIM! Assim como o Niemeyer e N outros arquitetos...

Sempre concordei que os calculistas do Niemeyer são sim brilhantes, mas o são graças a genialidade do artista que o Niemeyer é... acredito que a construção civil é fantástica em todas as suas ramificações, seja na artística ou na prática...

Infelizmente esse preconceito, assim como 99% dos outros não tem fundamentos... nós mesmos somos responsáveis pelo que somos... se alguém acha que arquiteto só serve pra fazer “viadagem” e que engenheiros são seres rudes e mal educados que só servem pra criticar arquitetos ou mandar em operários, esses sim precisam rever seus conceitos...



comentando do além apenas para apoiar um mundo sem preconceitos