sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Sou um canalha!


Putz! Acho que estou finalmente virando um canalha.

As crianças nascem, são babonas e inocentes. Daí elas crescem, algumas ainda babam mas a inocência geralmente se perde.

Beleza, não to dizendo que eu era inocente, mas sim que tem gente que esquece de parara de perder a inocência e acaba indo longe demais e, no caso dos homens, viram canalhas.

Sobre as mulheres é melhor eu nem falar. O universo feminino é inconstante. (e o masculino finge que não é)

Atualmente estou me sentindo um pouco canalha.

- Nossa até o Léo?!

Pois é, sou um canalha limitado e talvez seja assim pra sempre, mas minha essência ainda vive. Só queria desabafar um pouco...

2 comentários:

Beatrix Kiddo! disse...

Há! Você nunca me enganou!

Pedro disse...

a gê te chamo de viado??

no meu tempo as pessoas falavam isso qdo nega dava pinta....